#Paposaúde: OVO, sim ou não?

1 de Abril de 2016 | Dicas

Mocinho ou vilão? Comer ou não comer? Qual a melhor opção?! Sempre tive algumas dúvidas em relação ao ovo e sempre escutava diferentes opiniões sobre esse alimento.

Ovo

Ovo

No intuito de esclarecer minha dúvida e de todas as leitoras, convidei a minha nutricionista Ana Paula Campos para nos ajudar nesse e em diversos outros assunto de nutrição, que em breve você confere aqui no blog!

Nada mais certo do que uma especialista para nos orientar e esclarecer tudo dessa área, certo? Confiram então a matéria que eu particularmente amei, achei super esclarecedora e compartilho com vocês:

⇒ Um ovo, por favor!!!

De vilão a herói, o ovo sem dúvida é o alimento mais rico que temos à nossa disposição, aliás mais rico que o famoso leite materno, tão valorizado em nossa sociedade, isso porque sabe-se que o ovo possui 2% a mais de nutriente que o leite materno.

Antigamente, a prescrição de ovos numa refeição dependia muito dos níveis de colesterol de cada um. Isso porque cada gema de ovo possui em média 215 mg de colesterol, que é o recomendado durante o dia inteiro.Mas graças à pesquisas recentes, foi muito elucidado que nosso organismo não tem capacidade de absorver  todo esse colesterol e sabe-se bem que o que altera mais o colesterol sérico( sanguíneo) são as gorduras saturadas presentes nas carnes com alto teor de gordura, margarinas, biscoitos, sorvetes e não necessariamente o colesterol do ovo.

A grande vantagem deste alimento é que por conta da gordura que a gema possui, ao entrar em contato com o intestino ela ativa hormônios, que ao atingir a corrente sanguínea e chegando ao cérebro induz a saciedade.Ou seja, o ovo é um coringa no processo de emagrecimento , no desjejum ou nos intervalos das principais refeições. Ele cozido, preservando a casca, dura 48 horas fora da geladeira!

04-cozimento-ovos

De acordo com um estudo ”Egg breakfast enhances weight loss”, comer ovos no café da manhã pode ajudar a perder 65% mais peso do que comer pão no desjejum. Neste estudo verificou-se também que a perda de circunferência da cintura foi maior no grupo que fez ingestão de ovos neste horário específico (cerca de 34%).

ovo-beneficios-hipertrofia-academia

Mas vale qualquer ovo? Não, tem que ser o caipira , por favor!! Ao ciscar a galinha não está comendo apenas seu alimento, ela acaba ingerindo um pouco de terra que possui várias substâncias que tornam esse ovo um alimento muito melhor. Além disso, o ovo caipira contém mais betacaroteno ( pigmento que dá a coloração amarela a vermelha).Esses pigmentos são antioxidantes naturais que combatem o envelhecimento das células do nosso corpo.O ovo caipira também tem 3 vezes mais vitamina A, que é a vitamina que protege a pele e principalmente os olhos.

Mas o melhor de tudo ainda está por vir … ovo é riquíssimo em colina, uma substância que participa diretamente da produção de novas células, pois compõem a estrutura principal das células cerebrais.Uma gema de possui 130 mg de colina contra 56 gramas em 100 gramas de salmão.

Uma receita bem prática para o café da manhã:

Ingredientes:

1 ovo caipira

1 colher de sopa de polvilho azedo

1 colher de sopa de cottage

1 tomate seco

Orégano à gosto

Mistura todos os ingredientes e leve a uma frigideira antiaderente.

 Super nutritivo e sacietogênico

Referência bibliográfica: Vander Wal, JS et al. “Egg Breakfast Enhances Weight Loss.” International journal of obesity (2005) 32.10 (2008): 1545–1551. PMC. Web. 27 Mar. 2016.

Instituto Ana Paula Pujol

Ana Paula Campos, nutricionista formada pelo Centro Universitário de Caratinga em 2008, pós graduanda em Fitoterapia Clínica pelo Instituto de Pesquisas Ensino e Gestão em Saúde.Consultório: Rua Coronel Pedro Martins, nº 85.Centro – Caratinga – Minas Gerais

Tel: 33 322 4500

Postagens Relacionadas

@blogkarinaxavier no Instagram